21/10/13 | 16:51
Prefeitura de Manaus lança Programa Bolsa Universidade 2014

A Prefeitura de Manaus lançou, nesta segunda-feira (21), o Programa Bolsa Universidade 2014, em solenidade no Parque Municipal do Idoso. Serão ofertadas 10.064 bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de 14 Instituições de Ensino Superior, parceiras da Prefeitura. O prefeito Arthur Virgílio Neto destacou que o Programa ganhou novo formato, priorizando os cursos em que há maior demanda por formação e que são importantes para o desenvolvimento da cidade. Nesta segunda, o prefeito assinou o Termo de Credenciamento das Instituições Parceiras e o Edital de Lançamento do Programa. As inscrições para o ano letivo de 2014 deverão ocorrer no período de 4 a 17 de novembro, pela Internet.

O prefeito ressaltou que o Programa também está passando por um processo de desburocratização. Até o ano passado, os interessados tinham que entregar os documentos já no ato na inscrição, mesmo sem ter certeza de que seriam classificados. “Agora, vamos pedir a papelada só de quem efetivamente atende ao perfil exigido pelo Programa e pode ganhar a bolsa. Também estamos ampliando, para 2014, em mais de 459% a quantidade de bolsas que cobrem 75% do valor do curso e aumentando em 268% o quantitativo de bolsas integrais, em comparação a 2013”, disse. O Programa Bolsa Universidade é executado pela Escola de Serviço Público Municipal (ESPI), sob a coordenação da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad).

Curta nossa página no Facebook

Além de manter parcerias com instituições públicas como a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) para formação de recursos humanos, a Prefeitura também amplia as ações da Universidade Virtual, com a implementação do Bolsa Universidade 2014. “A Prefeitura tem uma universidade dela, que é a Universidade Virtual. Os alunos estão cursando em diversas instituições de ensino superior. Até hoje, já foram inseridas 53 mil pessoas na graduação e, no próximo ano, serão mais 10 mil, totalizando 63 mil beneficiados”, disse.

O titular da Semad, Serafim Meirelles Neto, explica que o programa tem a finalidade de conceder bolsas de estudo integrais e parciais de 75% e 50% do valor das mensalidades dos cursos de graduação, a estudantes de baixa renda, comprovadamente sem condições de custear seus estudos, em instituições articulares de Ensino Superior, estabelecidas em Manaus. No ano letivo de 2014, a Prefeitura contará com a parceria das seguintes instituições para a execução do Programa: Ciesa, Nilton Lins, Unicel Literatus, Martha Falcão, Fucapi, IAES, La Salle, Esbam, Dom Bosco, Fametro, Uninorte, Materdei, Faculdade Boas Novas e Maurício De Nassau.

A diretora-geral da ESPI, Luiza Bessa Rebelo, esclarece que para concorrer às bolsas, os candidatos devem ser estudante brasileiro nato ou naturalizado; possuir renda familiar bruta não excedente a quatro salários mínimos; ser residente em Manaus; estar regularmente matriculado ou apto a se matricular em IES participante do Programa, de acordo com parâmetros estabelecidos em decreto regulamentar; não possuir diploma de curso superior e não estar matriculado em instituição pública de ensino superior; firmar compromisso de prestar serviços em sua área de estudo, sem ônus para a Prefeitura.

As inscrições deverão ser feitas pelo site http://bolsauniversidade.manaus.am.gov.br. A Prefeitura está credenciando 51 lan houses, onde os candidatos que não têm acesso à Internet poderão efetuar o cadastramento, apenas com o custo da impressão do comprovante de inscrição. A lista das lan houses estará disponível para consulta no portal do candidato e cada local também contará com a identificação visual do Programa, para facilitar a localização. Todo o processo classificatório para 2014 deverá ser concluído até o fim de dezembro deste ano.

 

                        Adyam Litaiff (ESPI)